segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Um pouco de silêncio



A semana que passou, estive em silêncio, em repouso físico e uma busca interna, que me fez muito bem. E navegando na rede encontrei esse belo texto da autora que adoro, que traduz o momento em que passei....

Um Pouco de Silêncio...
Silêncio faz pensar, remexe águas paradas, trazendo à tona sabe Deus que desconserto nosso. Com medo de ver quem - ou o que - somos, adia-se o defrontamento com nossa alma sem máscaras. Mas se a gente aprende a gostar um pouco de sossego, descobre - em si e no outro - regiões nem imaginadas, questões fascinantes e não necessariamente ruins. Nunca esqueci a experiência de quando alguém botou a mão no meu ombro de criança e disse: “_Fica quietinha, um momento só,  escuta a chuva chegando." E ela chegou: intensa e lenta, tornando tudo singularmente novo. A quietude pode ser como essa chuva: nela a gente se refaz para voltar mais inteiro ao convívio, às tantas frases, às tarefas, aos amores. Então, por favor, me dêem isso: um pouco de silêncio bom para que eu escute o vento nas folhas, a chuva nas lajes, e tudo o que fala muito além das palavras de todos os textos e da música de todos os sentimentos.


(Lya Luft)

3 comentários:

Eloah disse...

Lindo!Querida ,pessoas sensíveis como você carregam a felicidade nas mãos e amor no coração.Parabéns! e obrigada pelos momentos lindos que tenho passado aqui.Deixei minha mensagem de Natal no meu Blog e que traduz os meus desejos e carinho para vocês todos que me visitam.
Lindo Natal! Sejas feliz! Bjs Eloah

.:*Aline*:. disse...

Nossa, que lindo, Samira.
Realmente há momentos em que precisamos nos aquietar e ouvir a chuva. Eh bom pra refletirmos sobre a vida.
Adorei o texto.
Bjus

ceiah disse...

e´verdade ha momentos em que precisamos ficar em silencio para não nos aborrecermos!!!!!!!
principalmente quando a sua mãe esta chateada com alguma coisa e vc tem que saber ficar quieta pra não aborrecer ela mais ainda e se meter em uma grande confusão!!!!!